OCB C Novembro
Ayahuasca

Ayahuasca no tratamento de transtornos alimentares

AYAHUASCA3 - Ayahuasca no tratamento de transtornos alimentares

Apesar dos ataques constantes à Ayahuasca – o famoso vinho da alma, capaz de mudar a vida de quem o toma, num contexto ritualístico, positivamente – um novo estudo feito no Canadá, conduzido pela psicóloga Adele Lafrance na universidade de Lauretian, concluiu que a bebida, além de muitos outros benefícios, é capaz, também, de tratar transtornos alimentares.

1*9vvqDkj13I5UAwB37Hdgbw - Ayahuasca no tratamento de transtornos alimentares

Com muitas controvérsias sobre seu uso, relacionado a vômitos, náuseas e até mesmo diarreias, a condutora do estudo afirmou que a humanidade ainda tem muito a aprender com as medicinas indígenas. Com a ayahuasca não foi diferente. Lafrance disse, em entrevista ao PsyPost, que estudava sobre transtornos alimentares, quando assistiu a um documentário sobre o chá, no qual viu sobre seu potencial quanto ao tratamento de vícios.

O estudo foi feito com dezesseis pessoas que já haviam tomado a bebida em rituais. Destes, dez teriam sido diagnosticados com anorexias e outros seis com bulimia. Onze participantes da pesquisa relataram que a experiência com ayahuasca diminuiu os sintomas do problema, enquanto catorze deles disseram que o chá os ajudou a regular seus respectivos estados emocionais. Um participante disse, inclusive, que se cedeu à pesquisa e, com isso, sentiu o transtorno na pele. “Vi meu corpo como um presente divino, mas senti que estava desnutrida. Eu podia sentir isso e que não estava honrando o presente dado a mim”.

A psicóloga disse, entretanto, que a pesquisa está apenas se iniciando e que muito vem pela frente. Contudo, não deturpa o chá e ressalta suas qualidades benéficas quando usado ritualisticamente, tais como alívio da depressão, melhorar a autoestima e tratamento aos vícios, como os transtornos alimentares.

Comente também!

comentários

Clique para Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Psicodelizando é mantido pela Psicodelia Minha Doce Esquizofrenia, um portal criado para compartilhar ideias, experiências, arte e ativismo. Estamos em conformidade com a lei e não fazemos apologia a nenhum tipo de substância.

Siga-nos

CIMA